15 de abril de 2017

COMO FUNCIONA O SAMU (SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA)



Deixo aqui esse vídeo de utilidade pública, com Dr.Rodrigo Calado, profissional competente e responsável.

9 de abril de 2017

PÉS DIABÉTICOS // CUIDADOS

 Campinas, 09 de abril de 2017 / São Paulo / Brasil
 




Hoje eu quero comentar e orientar sobre o tema PÉS DIABÉTICOS, porque infelizmente nesse país ainda tem profissionais da saúde pública que não foram treinados para curativos de alta complexidade. 

Já trabalhei em UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE por mais de 10 anos, e tive a oportunidade de trabalhar na área de "curativos" com pacientes portadores de lesões nos pés por serem DIABÉTICOS. 

Parece que hoje, de acordo com informações colhidas, já não tem mais pessoas exclusivamente trabalhando com pés diabéticos.

Bom é necessário informar que essa doença > DIABETES MELLITUS < é passível de controle porém não tem CURA. Torna-se necessário uma vida regrada em dietas alimentares que não contenham AÇÚCAR, ou alimentos ricos em CARBOIDRATOS, como arroz, frutas, farinhas.

Tudo isso requer orientação por parte dos funcionários que trabalham na rede pública de saúde, ou seja, NOS POSTINHOS DE SAÚDE; onde devem receber orientação quanto a dieta alimentar, cuidados e higiene dos pés, controle glicêmico diário para evitar uma evolução de doenças mutiladoras, como amputação de pés, pernas. Outra doença muito grave é a retinopatia diabética, que afeta a visão, levando a cegueira. Com saúde não se brinca!!

Tenho trabalhado há alguns anos em hospital público, onde todas as semanas pessoas diabéticas chegam com ferimentos em pés, os quais não foram devidamente tratados, e infelizmente há pouco o que se fazer, são submetidas a mutilação, ou seja, amputação de dedos, pés, e até pernas. 

CUIDADOS COM OS PÉS >> As pessoas diabéticas tem problemas de FALTA DE SENSIBILIDADE nos pés, eles ficam como amortecidos, a pessoa pisa e não sente os pés no chão!! Olha aí, onde mora o perigo. 

Em primeiro lugar, o portador (a) de DIABETES deve usar sempre um calçado confortável que não aperte demasiadamente os pés, e estando em casa, calçar sempre um chinelo também confortável e NUNCA COLOCAR OS PÉS NO CHÃO E ANDAR PELA CASA, QUINTAL, OU RUA. JAMAIS.

Não se deve usar chinelos tipo havaianas, ou qualquer outro modelo conhecido como "chinelos de dedos", estes causam pequenas feridas entre os dedos sem que o usuário perceba. 

Qualquer pequeno ferimento nos pés, o portador da doença não vai sentir absolutamente nada!! Quando perceber que alguma coisa está errada o quadro já se agravou e precisará de alguém muito experiente em curativos para tentar regredir o mal causado. 

Rotina de inspeção nos pés: Quando tomar banho, ou molhar os pés, atente para que fique completamente seco, passe entre os dedinhos dos pés uma gaze seca e enxugue pacientemente um a um, isso é fundamental para a saúde de seus pés. Olhe debaixo dos pés ou peça para um familiar fazer isso por voce, verifique se não tem nenhum ferimento, formação de calosidade, e se constatar isso vai imediatamente ao serviço de saúde (Postos de Saúde) que eles terão com certeza um funcionário que irá cuidar de seus pés.

Não deixe ferimentos evoluir sem cuidados, por favor! É muito triste a perda de um membro por amputação. O diabético pode e deve ser saudável, basta seguir as orientações quanto a dieta, e cuidados com os pés!!

Eu mesmo conheço um senhor já com 92 anos, faz uso de insulina diariamente, faz os teste de glicose também todos os dias, e está perfeitamente saudável, faz até uma pequena caminhada numa praça todas as manhãs, nunca feriu seus pés. 

INFORMAÇÃO IMPORTANTE:

Todo cidadão portador de diabetes, usuário de insulina tem DIREITO  a um aparelho chamado GLICOSÍMETRO que é fornecido pelos POSTOS DE SAÚDE, assim como todo material necessário para a realizar os testes diariamente. 

Espero que com esse texto possa ter auxiliado e esclarecido as pessoas que tem a doença aqui referida. 

Sonia Pachelle //                Texto próprio / todos os direitos autorais /   Imagem web