19 de janeiro de 2017

CURSOS CAPACITAÇÃO/HOSPITAL MUNICIPAL DR MARIO GATTI / CAMPINAS/ SP

 Campinas, 19 de janeiro de 2017.
Há quatro dias chovendo, esse foi o último por do sol em Campinas, SP, Brasil, chorando com:

Deu início nessa semana sob orientação da coordenação de enfermagem do Hospital, uma série de CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA ÁREA DE ENFERMAGEM.

De acordo com esclarecimentos em reunião com funcionários haverá uma TROCA de experiências nas áreas em que o funcionário(a) nunca trabalhou. Inicialmente os setores envolvidos são CENTRO CIRÚRGICO, PSI, PEDIATRIA, PSA, CME.

Saem tres funcionários de cada setor e fazem a troca, e ficam fora do seu setor de atuação durante 03 dias e  quem leva vantagem é o hospital inclusive pelo fato da Prefeitura Municipal de Campinas ter reduzido o número de horas extras resultou num BURACO em todos os setores. Como todo mundo sabe o Mario Gatti é  o Mario Gatti, porque conta com excelentes funcionários, e os mesmos sempre supriram as necessidades de RH com horas extras. Essas porém são durante o expediente de escala de enfermagem então NÃO SÃO HORAS EXTRAS.

Eu mesma, muitas vezes recebi telefonemas do hospital solicitando a minha presença no horário noturno por falta de funcionários. Agora com o corte de horas extras o trabalho está encalhado mesmo porque devido a crise econômica por qual passa o nosso país, decorrente da mal administração pública e de falcatruas dos políticos, as prefeituras também foram economicamente afetadas.

Parabéns a Organização e Coordenação de Enfermagem pela iniciativa, dessa forma o único setor prejudicado mesmo é o CENTRO CIRÚRGICO que abre mão de TRES SALAS fechadas por dia devido ao remanejamento das TÉCNICAS DE ENFERMAGEM circulantes de sala para outros setores, correndo atrás de capacitação. Isso não se configura em problema tão grave, porque continua atendendo as cirurgias de urgência e emergência. 

Talvez a Coordenação ainda não tenha se lembrado mais um ponto positivo nessa iniciativa muito vantajosa para todos os funcionários que se permitem inclusive em melhor conhecimento e envolvimento pessoal. E mais um alerta, está previsto além de uma demanda enorme para esse início do ano devido a contaminação pelo DENGUE, também uma previsão de GREVE GERAL DO FUNCIONALISMO, pois, sabemos que a Prefeitura já está pensando em CONGELAR OS SALÁRIOS, e se eximindo da obrigação de reposição salarial anual.

A bem da verdade isso que está acontecendo nada mais é do que a PRESTAÇÃO DE HORAS EXTRAS EM SETORES NECESSITADOS DE RH, sob a forma de capacitação, onde não há obrigatoriedade de se pagar horas extras pois os mesmos são realizados durante o horário normal do trabalho conforme escalas setoriais. 

Pena que sempre o USUÁRIO acaba prejudicado. A fila de espera de cirurgias que estava andando bem, agora empaca novamente!! Cirurgias eletivas são as prejudicadas pois são as primeiras a serem canceladas no mapa cirúrgico diário. 

É importante esclarecer que os cursos de capacitação podem ser aproveitados para avaliação no PLANO DE CARGOS, porém, a carga horária de cada um deles TEM que perfazer 80 horas, e para contar pontos na avaliação anual com data para apresentação dia 31 de março de cada ano, e para validar nesse exercício é preciso ainda mais cursos para perfazerem o total de 240 horas, para e desde que a avaliação do funcionário conte com uma nota da chefia imediata, de no mínimo 90 pontos. A premiação refere-se a valorização do funcionário em escala horizontal. Maiores informações no telefone 21160795. 
Aos idealizadores, treinadores, tutores, os nossos votos de Parabéns pela iniciativa muito bem pensada e elaborada. É por isso que o Mario Gatti, é o Mario Gatti. Gente pensando sempre no melhor. Funcionários sempre a disposição das chefias!

Acessem o DIÁRIO OFICIAL da Prefeitura Municipal de Campinas, pelo site www.campinas.gov.br/diario oficial. Procurar em RECURSOS HUMANOS exonerações e nomeações de comissionados. Obs: O nível IX de escala salarial é o maior.

Texto resumido de reunião entre funcionários / coordenadores/ e enfermeiros. 
Imagem arquivo pessoal.

Redação Sonia Pachelle.

Postar um comentário