3 de maio de 2010

> Vacina Influenza Trivalente


Como o nome mesmo quase explica, posso dizer para os que não conhecem que a Vacina Influenza Trivalente, é a VACINA CONTRA GRIPE SAZONAL (gripe comum), e que é composta por cepas de treis virus, os mais incidentes no mundo, os quais são equalizados numa solução geralmente com timerosol como conservante.



No Brasil está a disposição da população SUS DEPENDENTE a partir de 08/05/2010, direcionada aos idosos e pessoas com 60 anos ou mais. Também conseguem tomar essa vacina na rede pública de saúde, todos os trabalhadores da área de saúde pública ou privada, policiais, crianças com indicação médica, pacientes com doenças crônicas como bronquites cronicas, cardiopatas, pneumopatas, portadores de HIV, doentes renais crônicos, diabéticos, e hipertensos.

Na verdade, não se pode negar a nenhum cidadão a vacina Influenza Trivalente indicada para gripe comum, pois, apesar de ser direcionada a terceira idade, todas as pessoas que tiverem prescrição médica e apresentar nos Centros de Saúde, ganham a sua dose da vacina.

Nas clínicas particulares estão custando por volta de R$ 80,00 a 100,00 reais, engordando as contas bancárias detentoras do poder, da galinha dos ovos de ouro, as vacinas das clínicas particulares são exatamente iguais às da rede pública, aliás, nossas vacinas são muitíssimo bem gerenciadas, desde a fabricação, transporte, e consumo geral.

Não há necessidade de gastar dinheiro indo procurá-la numa clínica achando que é melhor, pelo contrário, faz mal para o "bolso", elas são exatamente iguais.

Voltarei a este assunto tão logo tenha em mãos a BUlA DA VACINA, para informar a composição, cepas viróticas da gripe, indicações, reações, dosagem e etc.
Também é esperada a Vacina Pneumo 23, indicada às pessoas com recidivas de pneumonias. Acima voces podem comparar os sinais e sintomas (diferenças) das gripes suína A/H1N1, e a gripe sazonal (comum). A vacina Pneumo 23, é aplicada em dose única para pessoas acima de 60 anos.
Para pessoas mais jovens, normalmente é mais que uma dose, ou seja, toma-se a primeira vez, e faz um reforço a cada cinco anos. Crianças de 6 meses a 02 anos, não tomam essa vacina.
Postar um comentário