18 de novembro de 2013

QUEM GANHOU, QUEM PERDEU

"Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu..."

Mais um ano chega ao fim, e com ele a idade e qualidade de vida também. Tenho me enfiado no trabalho exaustivamente para não precisar parar e pensar no que foi a minha vida até o momento.

Na verdade tento me enganar de que vivi. O que? O melhor período da minha vida jogaram no lixo sem eu pedir. O olha que demorou para chegar, desde a minha mocidade vinha sonhando uma vida que eu tive e perdi por interferência familiar, questões de família.

Sempre tem família querendo achar o que é melhor para a gente.

Nem sempre o que é bom para alguém, é para os outros, na verdade eu não pedi para ninguém tomar conta da minha vida, mas foi bem isso que aconteceu.

A outra parte, não teve coragem nem força suficiente para segurar a situação e partiu para outra mais vantajosa. 

E eu fiquei aqui. Sozinha!

Sonia. 
Postar um comentário