14 de novembro de 2012

ROTA 66 / A POLÍCIA QUE MATA !


(foto web)

Diante dos fatos que vem ocorrendo em nosso país, estou escrevendo esse texto em colaboração ao blog e está aqui a minha versão sobre os referidos fatos:

Exatamente como acontece no filme “tropa de elite 2 – o inimigo agora é outro – estamos vivendo no Estado de São Paulo a mesma situação, então vamos por pontos”.

- temos uma facção criminosa o PCC
- temos um governo corrupto e fraco PSDB - PT
- temos uma policia executora Rota (o Bope de São Paulo)

Resultado disso é a matança no Estado que até o momento desse texto esta contabilizado em  dados não oficiais de 90 PM´s mortos contra 144 civis seja inocente ou membro do PCC!
O problema é que Caco Barcelos alertou para o problema em seu livro Rota 66 A Policia que  Mata; uma associação ao filme ele seria o deputado Fraga que no inicio da historia  cinematográfica é um professor universitário depois vira deputado e alerta a população a ter  uma policia executora como BOPE em uma sociedade fascista. Nós não temos um Coronel

Nascimento que cai do comando e se torna Secretario de Segurança do Estado, mas temos um  Deputado Federal Protógenes Queiroz eleito por São Paulo que é responsável pela Operação  Satiagraha, de 2008 a 2010!


Ele pode fazer algo por nós: para isso os interesses políticos devem ser deixados de lado pelo Governo do Estado e Presidência da Republica, e se alertar para uma guerra civil não declarada que está  acontecendo em São Paulo, onde temos policiais matando policias da corregedoria por levantar informações de corrupção dentro da corporação e favorecer membros da facção criminosa informando dados da própria policia e seu contingente para serem alvos de matança.

E temos do outro lado, uma facção que mata e sem o mínimo critério acaba por estragar com a vida de inocentes, por sua vez a PM não esta atrás sendo investigada pelos homicídios e até mesmo homicídio em massa de inocentes, o ultimo dado levantado é a execução de um servente de pedreiro, que foi baleado por policiais em ronda ostensiva durante a madrugada de 12/10/2012. (Um tenente dois soldados e um sargento)

Como confiar na policia!? E os criminosos? Porque ter na rua uma policia executora e uma  facção que atua a sangue frio? Por onde podemos começar a mudar uma situação onde a  policia executa inocentes, e a criminalidade executa a policia que cometeu tal delito?

Ou seja vivemos épocas em que a salsicha esta balançando o cachorro, onde a banana morde o  macaco, estão as avessas , isso me desencoraja , me desmotiva, me faz desistir de pensar,  porque por interesse politico precisou morrer muita gente de ambos lados (Policiais e  inocentes) para que o nosso governo aceitasse ajuda do governo federal.

Uma vez que ele  evitou isso ao máximo para não demonstrar fraqueza política por que é como admitir que o  PSDB não tenha competência para governar e precisa da ajuda do PT. E para isso não acontecer,  divulgam na mídia que esta tudo sob controle! Sob Controle? 90 Policiais mortos e 144  civis? 90 policiais mortos é praticamente um concurso publico novo por mês, e 144 civis é mais  do que países como Somália, Serra Leoa onde tem a briga por diamantes, ou zonas de guerra e  por ai vai! O governo disse: “ nós não compactuamos com o crime seja fardado ou não”

Pergunto:
Qual medida será tomada para evitar isso? Que hajam crimes fardados e não
fardados? De repente tiveram a idéia de criar uma agencia, para investigar o crime organizado  e tal  e quer que o povo engula isso?
Sabemos que para criar uma agencia de inteligência de investigação leva meses, às vezes anos  e os caras criam do dia para noite?

É apenas uma jogada para dizer a população calma, esta tudo bem, mas sabemos que não esta  tudo bem. Não! Na verdade esta péssima! Precisamos de uma população mais consciente  com seu voto, e um governo mais compromissado com sua nação, temos que começar por nós  mesmos nos mobilizar e tirar governo, parar de usar Facebook para mandar mensagens de  trechos de livros de Machado de Assis e Eça de Queiroz , é hora usar a rede social para  derrubar governos como é feito em países mais desenvolvidos!

Mas ai aparece umas pessoas  que me diz – “mas hoje somos desenvolvidos, somos uma potencia”, e eu pergunto: “onde”? > fico  sempre sem respostas!
Não estou sendo demagogo, mostra-me onde somos evoluídos, onde somos uma potencia!

Volto a repetir uma frase que uso constantemente “enquanto a saúde, educação, lazer,  cultura, saneamento básico não estiver acessível a todos e essas forças do governo  não forem para as favelas, de nada adianta mandar a força policial para lá”.

A força policial é a  ultima força do governo para chegar a população!

Outra coisa: desculpe-me senhores policiais que lerem o texto, mas enquanto a policia tiver  cargo público sempre haverá corrupção! Policial deveria ser uma carreira como em alguns países, a pessoa gosta da profissão, faz sua inscrição num processo seletivo, treinamento, e começa a trabalhar e muito bem remunerado, como nos EUA, por exemplo.

Porque não o policial ser um funcionário como qualquer outro? Com CLT, com horário e com  regras?  Sem a estabilidade de quem nunca vai sair dali? Isso os ajudaria a não se corromper, pois saberia que qualquer deslize estaria passível de demissão!

Porque não fazer da policia uma força policial e não uma força opressiva? Pois sabemos que  toda opressão uma hora a tampa estoura e não sabemos a intensidade disso!
Sei lá como disse isso me desmotiva, me desencoraja!
Como podemos mudar isso? Mudando as regras das Constituições? Talvez...

Ricardo Leite
Postar um comentário