15 de maio de 2013

PRONTOS SOCORROS X UBS CAMPINAS SP


imagem web
Nunca os prontos socorros dos hospitais públicos de Campinas SP estiveram tão lotados com uma demanda espontânea aumentando a cada dia, e pelo que se tem constatado pelas opiniões dos próprios pacientes, os mesmos vêm a procura de assistência médica por não terem acesso ao atendimento contínuo nas UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE.


Afinal para que servem as UBS DE CAMPINAS, apenas alguns sortudos têm a possibilidade e com muita sorte, ter uma consulta agendada com clinico geral, pediatra, ou ginecologista.

Por quê? É assim> o cidadão chega ao Centro de Saúde (UBS) e se dirige à recepção para marcar uma consulta. Nesse momento ele é questionado pela atendente qual é o seu local de residência e se tem um comprovante de endereço.

Isso feito, é claro que uma pessoa doente e necessitada de um médico, sai de casa desprevenida apenas com seu DOCUMENTO DE IDENTIDADE, e então recebe essa orientação: “ Nós vamos preencher seus dados num cadastro provisório, e o senhor (a) aguarda a visita de um AGENTE  DE SAÚDE  que irá constatar se o endereço é fidedigno.( OBS:  todos os agentes de saúde estão sobrecarregados com a BUSCA ATIVA devido a epidemia de dengue em nossa cidade...). 

Ou seja, o agente de saúde vai ao endereço fornecido para constatar se o cidadão reside onde informou, ou está mentindo para ser atendido. Isso quando acabar e se isso acontecer: acabar a busca de criadouros de dengue, busca ativa, seja lá o nome que querem dar, é tudo a mesma coisa. 

O que o POVO IGNORA, é que a CARTILHA DO SUS, é claro: TODO CIDADÃO TEM DIREITO A SAÚDE INDEPENDENTE DE SEU ENDEREÇO.

Acontece que o CURSO " PAIDÉIA SAÚDE DA FAMÍLIA",  que treinou funcionários lá pelos idos de 1997, dividiu as regiões de Campinas em DISTRITOS, e neles seus bairros, e com isso dificultou o acesso das pessoas, que  precisam provar onde residem e depois serem atendidos.

O CS CAPIVARI encaminhou uma paciente com CÓLICA RENAL AGUDA, AO HOSPITAL MUNICIPAL, ALEGANDO NÃO TER NENHUM MÉDICO PARA ATENDÊ-LA! Numa segunda feira de manhã! Por volta de 10 horas mais ou menos.

O que é isso uma brincadeira?

Eu fui constatar em dois postos de saúde, um na região sul, outros na região norte de Campinas, não consegui ser atendida nem sequer pela ENFERMEIRA QUE ME ENCAMINHOU A UM AGENTE DE SAÚDE PARA OUVIR MINHA QUEIXA E ME INFORMAR QUE PRIMEIRO TEM QUE CONSTATAR A VERACIDADE DE MEU ENDEREÇO.

Mesma coisa acontece nas farmácias das UBS, a receita tem que ser do próprio posto, ou comprovar o endereço.

O CS AURÉLIA, em Campinas, desapareceu com meu prontuário medico depois de constatar que eu havia mudado de endereço, e PIOR, NINGUEM SABE ONDE ESTÃO ESSES DOCUMENTOS.

E agora Secretaria de Saúde, onde estão meus documentos, eu tinha um prontuário médico numerado! Não existe mais! No CS Faria Lima a mesma coisa!

E olha que eu conheço como tudo isso funciona, imagine a população como sofre diante de situações como estas.

Vai aqui uma dica: ao se dirigir a uma UBS DE CAMPINAS, levem comprovante de endereço, conta de água, luz em seu nome ou pai e mãe, ou esposo, e leva então a certidão de casamento para provar que o cidadão é seu esposo mesmo. E MUITO BOA SORTE.

Sugestão Á SECRETARIA DE SAÚDE: "manda alguém da confiança de vocês procurar uma UBS e confirmar a veracidade do meu relato. 

Sonia.  



Postar um comentário