4 de junho de 2010

> ORAÇÃO

web
Quando tudo te pareça frustração e impedimento;
no instante em que a solidão te obrigue a pensar e repensar;

em observando os recursos necessários à própria subsistencia cada vez mais distantes;

no momento em que os melhores amigos te considerem incapaz para o serviço a fazer;

na travessia de grandes desgostos;

nas épocas de crises, quando a provação te procure para demoradas visitas;

ouvindo os pregoeiros do pessimismo e do desalento;

diante das ocorrencias complicadas e dolorosas;

quando o desânimo te ameace;

ou na ocasião em que todas as circunstancias surjam conjugadas como que te favorecendo a ignorancia e o desequílibrio;

guarda a certeza de que estás atingindo a hora da luz em que desfrutas a oportunidade de revelar a força de tua fé e o ensejo Bendito em que podes, com a benção de DEUS, esquecer o mal e fazer o bem.


Então ora comigo:


SENHOR, tu és a minha rocha por isso a ti clamo e te peço não me abandones, para que eu não me torne semelhante aos mortos de alma.
Quando levanto minhas mãos é a ti que imploro ouça as minhas súplicas, nao me deixes pecar como aqueles que falam boas coisas, e tem as más no coração.
O SENHOR é a minha força e meu escudo, confio em ti, porque no meu desespero estás presente, por isso te louvo todos os dias da minha vida.
Postar um comentário