22 de junho de 2010

PROFISSÕES

web São inúmeras as profissões que estão disponíveis para escolha em várias áreas de atuação como atividade operacional, administrativa, assistencial, gerencial, artística, e muitas outras.
É necessário uma avaliação na adolescencia, quando estamos mais esclarecidos da realidade de nosso país. Normalmente aqui no Brasil, e sempre foi assim, um cidadão necessita estar preparado para o trabalho logo aos 18 anos, ou até antes, porque a oferta de empregos e serviços, é uma dificuldade tanto pela competividade, como pela "recomendação" de "QI-Quem indica".

Basicamente as pessoas tem vínculo empregatício com empresas de pequeno, médio ou grande porte, serviço público municipal, estadual, ou federal, ou são trabalhadores autônomos.

Quem opta por vínculo empregaticio empresarial, vive na "corda bamba" porque cai primeiro na oportunidade de conseguir esse emprego com ajuda do "QI", e segundo porque ele se torna descartável a medida do crescimento "oferta/procura".

A pequena empresa oferece pouco ou quase nada de benefícios aos empregados, salário baixo, trabalho de duas pessoas para sobrecarregar apenas uma, e se aparecer quem se submeta a trabalhar por um salario menor, adeus emprego, lá vai mais um para a "rua da amargura", uma verdadeira peregrinação atrás de outro trabalho.

Normalmente o empregador costuma dar um tapinha nas costas do funcionário elogiando "voce é o braço direito dessa empresa!", enquanto interessar a ele, claro.

Bem, aí podemos tentar um trabalho em multinacional, empresa que normalmente oferece melhores condições de trabalho, salário, benefício, treinamento. Mas, é necessario ficar esperto, tem "arapuca" também, é só aparecer um afilhado do gerente ou administrador e voce perde emprego do mesmo jeito. E vai caçar outro, igual ao cidadão da pequena empresa.

Resta o emprego público, esse também é cruel, para entrar tem que "rachar de estudar", depois elaborar um caminhão de documentos, e finalmente ocupar o seu espaço. Aí o bicho pega, quem já está lá vai ignorar voce, treiná-lo com má vontade e se bobear puxar o "seu tapete".

Para quem preferir o trabalho autônomo, terá que enfrentar a concorrencia, isso vale para todas as áreas de atuação.

Agora, vendo de fõra, mais cruel ainda é voce desempenhar uma função de chefia, e olhar o trabalhador sob o ponto de vista "objeto de lucro, obediencia, capacidade, e descartável"
Porque é isso mesmo que acontece com todas as pessoas: voce interessa a sua chefia enquanto ela tiver um "olhar" simpatizante, porque a partir do momento em que o "sistema", determinar que deverá ser "descartado" , isso vai acontecer, sem dó nem piedade.

É por isso, que temos pessoas emocionalmente instáveis, inseguras, e muitas vezes se tornam amargas, é difícil ou quase impossível deglutir as injustiças que recaem sobre elas.

Tudo isso relatado aqui eu vi acontecer ao longo de minha vida, e em um certo momento, quando tive a oportunidade de assumir um cargo significativo em uma empresa multinacional americana, com disponibilidade de ascenção de carreira, desisti de tudo para ir trabalhar em Serviço Público Municipal, na Secretaria da Saúde, assumindo minha atividade assistencial em UBS Unidade Básica de Saúde.

Eu fiz essa opção, porque dói demais ver as dificuldades e o sofrimento das pessoas SUS DEPENDENTE; eu enfrentei essa dificuldade dentro da minha família, com a doença de minha querida e saudosa mãe, e mais tarde com meu marido, pai de meu filho; ambos sofreram toda espécie de má vontade e desprendimento por parte de seus cuidadores de enfermagem, pagos para isso.

Hoje, após 16 anos de dedicação, e que no momento de minha opção ofereci e prometi a DEUS fazer o melhor em benefício do paciente ou usuário;
e que esse trabalho impulsiona a minha vida; que me faz acordar cedo e ter o prazer de ir trabalhar e prestar essa assistencia com amor ...

"ESTOU SENDO DESCARTADA PELA GERENCIA DE MINHA UBS (UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE), NÃO ENTENDO A RAZÃO, MAS SEI QUE EXISTE UM SISTEMA, UMA "PANELINHA", e devo estar incomodando alguém.

" Quando tudo parecer frustração e impedimento, no instante em que a solidão obriga a pensar e repensar,
no momento que pensei ter amigos,
que me consideram INCAPAZ para o serviço a fazer,
na travessia desse grande desgosto, crise, provação, desalento, ocorrencias complicadas e dolorosas...
quando o desanimo ameaça,
ou na ocasião em que todas as circunstancias surjam conjugadas como que favorecendo a ignorância e o desequilibrio;
guardo a certeza de que estou atingindo a hora de luz em que desfrutarei a oportunidade de REVELAR a força da FÈ, o ensejo bendito em posso com a benção de DEUS, esquecer o mal que me fazem"

O tempo passa para todos nós, alguns chegam mais adiante outros tropeçam no caminho;
alguns semeiam flores...
outros espinhos...
alguns colhem suas flores...
outros encontrarão quem lhe pisem ao longo do caminho...Mas todos podem rir e chorar igualmente...
lágrimas temos...
aquelas que rolam pela face...
que salgam nossos lábios... quando estamos tristes!
e aquelas de descem na face por emoção, alegria!
pense: o que quer para voce?
Colher flores, lágrimas de emoção?
Ou quer chorar amargamente, lá na frente, quando fizerem a voce o que faz comigo hoje?

PENSE...
texto sonia (pessoal)


Postar um comentário