18 de novembro de 2009

> Pai Idoso e filhos cruéis

imagem webMais uma vez, sinto-me indignada com atitude cruel de dois filhos que usufruiram dos bens materiais dos pais a vida toda, e tendo a mãe falecido, o pai ficou morando sózinho em sua própria casa como era de sua vontade, continuando a trabalhar mesmo depois de aposentado para ter ocupação, já que passou a sentir-se só.

Com o decorrer do tempo adoeceu com "mal de Parkinson", e começou a tratar-se adequadamente, sem nunca ter o apoio de seus filhos. Chegou a um ponto em que não aguentava mais, pois, sua pequena empresa de transporte escolar, tornava-se um peso para trabalhar sózinho.

Então, os filhos sabendo da doença do pai por intermédio de vizinhos que os avisaram, foram até a sua casa, e se propuseram a "tomar conta de tudo": tiram-lhe as peruas de transporte, os dois carros importados que ele tinha, transferiram as contas bancárias para seus nomes, bem como arrumaram uma procuração para receber os proventos de aposentadoria.

Trancaram o homem em casa, e levaram a chave. Todos os dias, mandavam entregar uma marmitex a famosa "quentinha", e pães. Isso era tudo que faziam por ele.

Como os vizinhos ficaram inconformados, procuraram esses filhos para chamar-lhes a atenção e foi quando a situação resolveu-se de vez: colocaram esse homem há sete dias em uma casa de repouso, ninguém sabe onde, e deram ordem a enfermeira para ligar ventilador que eles levaram , próximo ao leito do "pai", porque estava muito calor.

O que aconteceu?

Bons filhos, refrescaram tanto o pai que o mesmo teve uma pneumonia bilateral, agravou-se, ficou uma semana na UTI, faleceu e foi sepultado hoje.

Eu não desejo nada disso para eles quando estiverem velhos, quero apenas que encontrem pessoas de bom coração que nunca coloquem um ventilador nas costas deles em noites quentes.

Quanto ao Sr ANÉSIO, rogo a Deus que acolha seu espírito em paz e repouso para a eternidade. Amém.
Postar um comentário