17 de dezembro de 2009

> Filhos

Repentinamente seu sorriso lindo
Ignora um momento único
Causa-me dor e espanto
Amor de mãe ferido
Rompendo laços de gratidão
Doendo na alma, percebendo
Ódio, rancor, mágoa...

Sentindo sua insensatez
Ignoro por um instante
Disfarço para não chorar
Nada adianta agora...
É inútil dizer...
Yes, lhe amo de qualquer jeito.

Faço de conta que não ouço
E disfarço minha dor
Rindo de alguma coisa
Referindo-me a algo da televisão.

Enquanto lágrimas são engolidas
Ingeridas pelo coração!
Retorno a pensar no passado
Amor de mãe... Compreensão...

Lindo como sempre
E com perfume de príncipe
Ignora nesse instante
Toda dor da minha alma
É uma dor muito triste...

Meu filho, não te reconheço mais.


Texto: sonia
imagem web

Postar um comentário