13 de fevereiro de 2011

> DENGUE / EPIDEMIAS / SAÚDE PÚBLICA

web
Definitivamente esse é um país que as autoridades em saúde preocupam-se apenas com a DOENÇA DO MOMENTO; explico - Como ocorreu em final de 2009 e no decorrer de 2010, todos se preocuparam excessivamente com a maldita gripe H1N1, que na verdade não matou ninguém. E a Denge, caiu no esquecimento.

Numa cidade de perímetro urbano extenso como CAMPINAS SP, e devido ao relapso do próprio SERVIÇO PÚBLICO, porque há criadouros do mosquito Aedes Aegypti dentro das próprias UNIDADES BÁSICAS, além, do que em 2008 reduziram a equipe de Agentes de Saúde, e agora em 2010 houve um processo seletivo para Agente comunitário de Saúde, para repor as perdas de RH.
Que eu sei, esses agentes comunitários andam o dia inteiro, com pipeta, e outros apetrechos caçando de casa em casa o tal do maldito mosquito. E o povo que sinto muito dizer, mas é ignorante pra caramba, continua cultivando plantinhas com água a céu aberto, as malditas bromélias que a mulherada ama de paixão é uma das principais plantas que escondem criadouros.;

Ora num país em que a SAÚDE é retalhada, o povo tem que se conscientizar que é melhor ficar sem plantas, do que adquirir a DENGUE, que mata mesmo se não tratada a tempo ( no caso de ser hemorrágica).

Eu mesma ontem, fui a uma clínica de imagens, contratada pela prefeitura para fazer uma ultrassonografia, e o encaminhamento ainda recomendava chegar 30 minutos antes do horário: pois bem, cheguei. E daí? Deram-me um senha numero 106, e estavam chamando a marcha bem lenta a de número 67, e aos gritos, porque não tem painel eletronico.

Parece mais um depósito fedorento de seres humanos sofridos, suados, cheirando a sovaco porque tem que andar muitas vezes de onibus, e não um somente, dois, tres...

Assim não dá!!! Dona Presidente Dilma SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO.

Pelo amor de Deus não joguem o dinheiro da saúde no lixo. Contratem clínicas que podem oferecer o mínimo de humanização para o povo.

Eu desisti, sinto muito, fico sem fazer o exame, ou vou guardando umas moedinhas, até juntar uns 100 reais, e pago para um radiologista fazer o meu ultrassom.

É simplesmente desumano o que fazem com o povão nesse país das maravilhas, e tem muita gente que cala a boca, por medo de represálias, ou porque se abrir a boca acaba perdendo certas mordomias. Pra que? não está doendo neles nem na família...


sonia
Postar um comentário