26 de setembro de 2009

> Confiança


É o conceito que se dá as pessoas que inspiram segurança. Mas quem nesse mundo de Deus não tem um dia de loucura e imperfeição e acaba por colocar palavras em fatos a ela relatados que não condizem com a verdade que pensa conhecer, mas, naquele momento de extremo stress explode num relatório de palavras mal colocadas, ofensivas?

Acredito que não existe a perfeição de personalidade no ser humano, todos nós somos vulneráveis e estamos sujeitos a cometer injustiça, muitas vezes, isso pode até acontecer uma única vez na vida, mas coloca tudo a perder, se o outro olha aquele momento de forma a julgar que poderá tornar-se rotineiro , passando a ler e reler as palavras que lhe feriram, ao invés de tentar esquecer, e talvez até deixar passar. O perdão é sublime para quem dá e o outro que recebe.

Por outro lado, voce que se martiriza se achando um monstro; descobre que está sendo enganada, e tudo muda de figura, o que estão lhe fazendo é muito mais grave, mais feio, daquilo que voce fez, é simplesmente ridículo.

Fico aqui pensando que já não basta os crimes violentos, as drogas, a miséria, os desmandos no Governo, salários achatados, doenças sofríveis, e precisamos ainda sofrer este tipo de constrangimento que nos coloca numa situação de culpa tão grande a ponto de não ter mais motivação para viver, sente-se na obrigação de ser PERFEITO.

Quanto mais nós tentamos justificar um erro, maior se torna o sentimento de culpa, pois isso implica que o outro ainda não deglutiu a ofensa, e quanto mais se fala, pior vai ficando a situação, a auto-estima vai para o chão, nos sentimos o pior ser humano do mundo, e aumenta a vontade de desaparecer.

Resumindo, para ser um bom amigo tem que engolir sapo, e jamais vomitar aquilo que já lhe ofendeu e deixou passar, para evitar desentendimento. Um bom amigo sabe perdoar e esquecer, e não fica a todo momento cobrando a lealdade que julgou traída.

Dizem os mais sábios, que depois de um temporal sempre brilha um sol radiante.

Estou esperando isso acontecer na minha vida, desde que nasci!
Postar um comentário