5 de setembro de 2010

> Perdas e Ganhos

webUma pessoa muito querida, sentiu-se muito revoltado quando soube que um veículo de sua propriedade furtado transita tranquilamente pelas ruas da capital de São Paulo, e leva multa por excesso de velocidade e claro que a notificação da infração chegou na sua residência, porque a moto foi FURTADA.

Então, revoltado mandou-me um email de indignação, repúdio, pensando em vingança, com muita amargura, e que me deixou muito preocupada.

Então pensei em escrever o texto abaixo como resposta.

Todo ser humano, mais perde do que ganha nessa vida depende do olhar.
Veja: Ao nascer perde o lugar no ventre da mãe, ganha a luz, vida, consciência, amor dos pais, dedicação, compreensão, e o privilégio de ter um lar.

Perde a inocência da infância, e ganha a chatice da adolescência. Perde o direito de bater o pé e dizer que não quer, não faz, não vai.

Daí fica charmoso, e ganha uma coleção de admiradoras disputando um lugar ao seu lado, um beijo, um abraço. Nessa altura já mais maduro acha que ganhou experiência, não ganhou nada, perdeu muito, já está uns 20 anos mais velho do dia em que nasceu.

Perdeu o pai, nem conheceu os avôs, mas ganhou uma mãe, que se acha a melhor do mundo. (mesmo sabendo que não é). Mas com todas essas perdas ganhou coisas que ninguém tira mais de você: a experiência.
Agora você já não comete mais o mesmo erro, pensa antes de assumir uma responsabilidade.

Quer sentir-se melhor: ao acordar tome um banho, veste sua roupa limpa, e cumprimenta as pessoas: "bom dia!" com um sorriso legal. Aos mais íntimos dá um abraço também. Para aqueles que são sempre presentes, porteiro, manobrista, garçom, oferece de vez em quando um refrigerante, um chocolate, e você vai perceber que todas essas pessoas vão retribuir a você e se sentirá cada vez melhor.

A única coisa que não podemos perder é o caráter, a dignidade, o respeito, o direito de tentar melhorar e ser feliz.
Sua Mãe! Beijos.
Postar um comentário