31 de agosto de 2009

> Um Homem de Bem

Numa cidade de Minas Gerais, nascia em 11.01.1953 um menino, miúdo e doentinho, e que avisaram a sua mãe que não sobreviveria. Mas mãe, é uma santa, dedicou-se e se recusava a perdê-lo, e tanto fez, que se tornou um homem de bem, honrado.

Mas, recuperado da saúde e já grandinho, aprendeu que precisava ajudar a família e trabalhava na roça de sol a sol. Sua brincadeiras, eram no meio do mato, nos rios e cachoeiras. Não conhecia as cidades grandes e poluídas de sujeira e de pessoas mal intencionadas. Casou-se cedo contra a vontade de sua mãezinha, pois tinha apenas 17 anos.


Partiu para São Paulo, viera tentar a vida, que não foi nada fácil, constatou que era bem diferente dos seus sonhos jovem. Precisou trabalhar muito para sustentar a esposa e filho que viera a nascer tempo depois.


Passou por muitas dificuldades, e como todo jovem do interior, caiu na armadilha dos "amigos da onça", e esse seu casamento terminou para sua amargura.


Depois casou-se novamente, tem tres filhos lindos, bem educados, e uma esposa dedicada, trabalhadora, excelente dona de casa.


Ele hoje é um trabalhador responsável, um batalhador, muito inteligente, escritor de livro de poemas e poesias que ainda não conseguiu publicar.


Por ser uma amiga sincera dessa pessoa que conheco e sobre a qual escrevo, peço a quem passar por aqui, e se interessar em publicar livros, que entre em contanto através do quadro de comentários desse blog.


Gostaria muito que realizasse seu sonho, porque merece. Deixo aqui o meu mais sincero abraço a ele, pois, sei que vai ler, e saber que se trata da história resumida da vida dele.
Postar um comentário