14 de outubro de 2009

> CPMF ou CSS


Outra vez!
Era isso que se esperava, o Governo substituir a sigla, e continuar com os mesmas arrecadações, alegando novos destinos para o bem do povo. Agora é CSS Contribuição Social para a Saúde. ( doenças!...)

Diz o Ministro José Gomes Temporão, que a arrecadação prevê recursos para a Saúde e que 100% vão para o SUS Sistema Único de Saúde, com filas de espera a perder de vista.
Essa cifra é de aproximadamente 12 bilhões de reais anuais. Ninharia né? Valor que resolve em pouco tempo todas as necessidades básicas da Saúde (doença...)

Precisamos de Hospitais Públicos equipados, Centros de Tratamento do Cancer, e desburocratização para liberação de exames de alto custo, como as tomografias, Densiotometria Óssea, Cintilografias, Audiometrias, e um simples ultrassom que demora em média 2 a 3 meses para marcar.

Precisamos também de médicos especialistas, como Cardiologistas, Neurologistas, e Fonoaudiógrafos para crianças e adultos também, além de muitas outras áreas espéciais.

É necessário equipar cada unidade básica de saúde ( os conhecidos postinhos de saúde) com uma ambulancia, porque o serviço SAMU não dá conta da demanda. Também precisa renovar a frota do SAMU, que as ambulancias estão tão doentes quanto o povo.

Brasileiros e brasileiras, aí vem mais um assalto a mão desarmada aos nossos bolsos já tão sacrificados de dívidas. Aposentados e pensionistas, os senhores continuarão esquecidos, aumento zero, CSS, é para a Saúde, aumento de salario de aposentado não tem.

Vai continuar a corrida aos postos de Saúde, várias vezes, mendigando um remedinho que na farmacinha do postinho nunca tem. Eu sei disso porque trabalho em um desses.

Sabiam que muitas vezes tem remédios nos almoxarifados da Saúde que vencem sem serem distribuídos por negligencia?
Que os almoxarifados apesar de funcionarem com informatização, não tem dados atualizados, porque não são todos os funcionários que sabem trabalhar com informática.

Treinamento e reciclagem de funcionários também é bom Sr Ministro Temporão, porque as vezes os Centros de Saúde viram um vendaval de gente revoltada com os administradores.
Postar um comentário